SUSPENSA EFICÁCIA DE DECRETO QUE INSTITUIU A POLÍTICA NACIONAL DE EDUCAÇÃO ESPECIAL

Segundo o ministro Dias Toffoli, o decreto contraria o modelo de educação inclusiva, ao deixar de dar absoluta prioridade à matrícula desses educandos na rede regular de ensino.

O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu a eficácia do Decreto 10.502/ 2020, que instituiu a Política Nacional de Educação Especial: Equitativa, Inclusiva e com Aprendizado ao Longo da Vida. A decisão liminar foi proferida na Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 6590 e será submetida a referendo do Plenário.

Segundo o decreto, a União

Compartilhe isso:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Notícias e Matérias