MICROEMPRESA DEMITE POR JUSTA CAUSA EMPREGADO QUE NÃO RETORNOU AO TRABALHO APÓS CONVOCAÇÃO POR JORNAL

A Oitava Turma do Tribunal Superior do Trabalho, por unanimidade, não conheceu do recurso de um empregado de uma microempresa paulista que tentava reverter a justa causa por abandono de emprego aplicada pela empresa, por não retornar ao trabalho após convocação.

Segundo o Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região (Campinas/SP), testemunhas relataram que o empregado, por iniciativa própria, deixou de desempenhar as suas funções, mesmo depois de a empresa tê-lo convocado por regulares publicações em jornal local de grande circulação.

No recurso para o TST, o trabalhador sustentou

Notícias e Matérias