TRANSFERÊNCIA DE ALUNO PARA ESCOLA ESPECIAL

Recentemente essa assessoria foi abordada a respeito de um aluno de inclusão cuja deficiência o induzia a episódios reiterados de violência contra os colegas.

A assessoria verificou previamente que a escola atuava em conformidade com todas as previsões legais para a inclusão do aluno, realizando o correto atendimento educacional especializado. Após os procedimentos de reuniões escolares com os pais, e o afastamento temporário para tratamento com medicação, o menor retornou à instituição educacional, mas continuou com o comportamento violento.

Uma vez que o aluno, mesmo após nova medicação, persiste

Notícias e Matérias