MUNICÍPIO DEVERÁ INDENIZAR PROFESSOR AGREDIDO POR ALUNO

Houve falha do réu em garantir incolumidade física.

        A 11ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça de São Paulo reformou decisão em primeira instância para condenar a Prefeitura de Pitangueiras a pagar indenização no valor de R$ 15 mil a um professor da rede pública que foi agredido por aluno.

        De acordo com os autos do processo, o autor, professor de Educação Básica numa escola municipal, solicitou que um de seus alunos se retirasse da classe por tumultuar a aula. Ele foi encaminhado para

Compartilhe isso:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Notícias e Matérias