MANTIDA PELA JUSTIÇA A JUSTA CAUSA APLICADA A EMPREGADO QUE SAIU MAIS CEDO E TEVE O PONTO REGISTRADO POR COLEGA (F)

RTSum 0011704-47.2015.5.03.0043

AUTOR: LUIZ GUSTAVO MARTINS GOMES

RÉU: VULCAFLEX INDUSTRIA E COMERCIO LTDA

Relatório dispensado. Rito sumaríssimo. SENTENÇA

Vistos. DECIDO.

Da eventual arguição de nulidade por cerceio de prova

O reclamante arguiu incidente de falsidade em face da gravação de mídia apresentada pela reclamada na audiência de instrução processual, cuja juntada de cópia aos autos foi determinada pelo Juízo, com regular vista ao obreiro.

Este requereu “perícia no computador”, sem explicitar o motivo que embasou

Compartilhe isso:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Notícias e Matérias