ESCOLA É CONDENADA A COMPENSAR CRIANÇA VÍTIMA DE BULLYING

TJPR confirma sentença que determinou o pagamento de indenização por danos morais e materiais
Representando os interesses do filho de seis anos vítima de bullying, uma mãe processou uma escola do interior do Paraná. Durante o 1º ano do ensino fundamental, o aluno alegou ter sofrido violências físicas e psicológicas recorrentes praticadas por colegas, professores e pela diretora do colégio. Em agosto de 2013, o estudante foi desligado da escola. Em decorrência dos fatos, a ação pedia compensação por danos morais e materiais.

Em 1º grau, o magistrado considerou que restou evidente a

Notícias e Matérias