EMPRESA QUE PERDEU PRAZO CONSEGUE CONSOLIDAR REFIS NA JUSTIÇA FEDERAL

 A Justiça Federal de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, concedeu a uma empresa o direito de consolidar o parcelamento de dívida pelo Refis da Crise, mesmo depois de ter perdido o prazo para esta etapa do programa. Após análise de Mandado de Segurança, o juiz se utilizou do princípio da proporcionalidade para explicar que, caso o pedido fosse negado, a empresa que já tinha aderido ao programa e cumprido com todas as etapas anteriores, teria enorme prejuízo em virtude de não realização de mero ato formal dentro do prazo, uma vez que, não houve prejuízo

Compartilhe isso:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Notícias e Matérias