JUSTIÇA DO TRABALHO DETERMINA REINTEGRAÇÃO IMEDIATA DE PROFESSORES DEMITIDOS DA METODISTA

Dispensa coletiva

Em sentença proferida no último dia 9, a Justiça do Trabalho da 2ª Região reconheceu a nulidade de dispensa coletiva de 66 profissionais feita pelo Instituto Metodista de Ensino Superior em dezembro de 2017. Determinou ainda a reintegração dos empregados dispensados, o que deve ser cumprido em 15 dias a contar da data em que a reclamada tomar ciência da decisão.

Reintegração

Também foi determinado o pagamento dos salários vencidos e vincendos desde a dispensa até a efetiva reintegração, com reflexos em férias acrescidas do terço constitucional, décimos

Notícias e Matérias