Café com Orientação – A Lei 13416/2015 – Atuação da Escola no Atendimento das Necessidades Especiais

Data: 14/04/2016

Categoria:

Descrição

A lei que veio regular a inclusão de pessoas com necessidades especiais em classes comuns ainda se apresenta com várias incógnitas para as escolas. Algumas pessoas têm afirmado a possibilidade de cobrança do mediador, pelas escolas. Isso é possível? É possível o responsável, mediante termo assinado e registrado, realizar a contratação e pagamento do mediador? Poderá a família exigir a contratação de um mediador específico? Poderá a família, sob o argumento de ter confiança em determinada pessoa, exigir a contratação dessa pessoa à escola? O que fazer para atender essas solicitações? Como se deverá dar o atendimento para aqueles que buscam a escola fora no período de matrículas? Com entender a função do mediador? No caso de pessoas com necessidades com transtornos agressivos, como proceder? A responsabilidade da escola com a formação e ensino dos portadores de necessidades especiais.

Traga suas dúvidas sobre o tema, com o fim de proporcionar o conhecimento e solução às questões. No Café com Orientação de 14/04/2016, vamos definir alguns pontos que devem ser observados para que os riscos nas relações não representem perdas ao patrimônio do sócio e da escola.

O gerenciamento de riscos possibilita aos administradores tratar com eficácia as incertezas, bem como os riscos e as oportunidades a elas associadas, a fim de melhorar a capacidade de gerar valor ao serviço prestado.

Nesta oportunidade, estaremos tratando das dúvidas gerais relacionadas ao tema – Debate.

Investimentos:

1 – Clientes – Inscrições gratuitas;

2 – Não Clientes – Inscrições ao investimento de R$ 376,00.

Data e hora: 14/04/2016, das 14h e 30min às 17h e 30min.

Local: Auditório do Grupo Ricardo Furtado.

Est. do Gabinal, 313, – Lj 291”A” – Freguesia – RJ.

Compartilhe isso:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •